sábado, 31 de outubro de 2009

Vice-Versa de Novembro 2009


O Vice-Versa em sua missão de aproximar os associados da AEI-LIJ, traz, neste mês, as escritoras:
Sandra Pina (Rio) e Marilza Conceição (Paraná).
Apreciem esse gostoso bate-papo.

Foto- Sandra Pina


Marilza Conceição pergunta para Sandra Pina:

1 - Sandra, quem nasceu primeiro a escritora ou a contadora de histórias?
Eu costumo dizer que um escritor é um contador de histórias, a diferença é que a gente conta histórias por escrito. (rs) Na verdade, acho que a escritora nasceu porque a Sandra já gostava de contar uma história desde que era criança... Afinal, não é disso que é feita a nossa vida? Das histórias que a gente vai acumulando na memória e recontando?
No fundo, no fundo, a escritora só veio depois, porque eu precisava primeiro aprender a escrever...

2 - Já aconteceu de alguma situação real, ter vindo parar numa de suas histórias?
Acho que em toda história que eu escrevo tem alguma cena que eu presenciei, ou me contaram, ou li a respeito... Mas nunca exatamente do jeito que aconteceu. Ou seja, eu preciso desse arsenal de memória para poder recriar. Na verdade, o que a gente chama de "real" é o que serve de inspiração, é o gatilho que faz nascer toda uma trama, o perfil de um personagem, ou um cenário. Mas, veja bem, é inspiração. Nunca coloquei uma cena "real" na íntegra (se fizesse isso, estaria fazendo um texto jornalístico), entretanto um escritor precisa de referenciais para criar uma história. Mesmo aquelas histórias que se passam num universo completamente fantástico.

3 - Você acha que os escritores de Literatura Infanto Juvenil devem abordar os problemas sociais, políticos e econômicos, realidade que nos afeta no dia a dia? E acredita que a literatura pautada na realidade, pode excluir o lado lúdico da história?
Não vejo nenhum tema que não deva ser abordado pela literatura, seja ela infantil, juvenil ou adultil. O que nós, que escrevemos para crianças e jovens precisamos atentar é para a forma. Me refiro à teoria da comunicação, onde você tem o emissor, o receptor e a mensagem. Se a mensagem não for intelegível para o receptor, ela não será compreendida. Quando escrevemos para crianças e adolescentes, precisamos ter o cuidado de ser compreendidos. E isso não significa, de modo algum, fazer um texto "infantilizado" ou "didatizante". Significa entrar no universo do leitor e falar/escrever de uma forma que ele compreenda, respeitando suas referências. É que nem bula de remédio:algumas são escritas de um modo que um leigo jamais entenderá a que se destina o remédio.
Eu acredito que a literatura tem uma função de fazer o ser humano entender melhor o mundo que o cerca, por isso não creio que existam questões que não devam ser abordadas por livros para crianças.
Quanto ao lúdico... ele nunca deve ficar de fora. Acho que existe lugar para o lúdico tanto na literatura que escolhe a "realidade" como cenário/enredo, quanto em qualquer outra literatura. Aliás, pensando bem... será que existe literatura sem ludicidade??

4 - Se você tivesse uma máquina do tempo, que escritor(a) do passado você desejaria encontrar?
Bem... pergunta difícil essa... Sinceramente eu não sei se gostaria de encontrar com algum escritor do passado. Tudo o que eu quero saber sobre eles está lá, nas linhas que escreveram, nas entrelinhas do que ficou por escrever, nas pausas, nos parágrafos.
Muitas vezes pode ser decepcionante conhecer o ser humano por detrás do mito.
Acho que se tivesse uma máquina do tempo, preferiria ser transportada para um café no Quartier Latin, em Paris, para observar os encontros e as conversas "informais" dos intelectuais franceses, talvez.... ou assistir as peças de Shakespeare encenadas na Inglaterra vitoriana.

Foto-Marilza Conceição



Sandra Pina pergunta para Marilza Conceição.

1. Em que momento da sua vida você percebeu que queria ser uma escritora? Que livro plantou essa sementinha na sua alma?
Desde pequena admiro a literatura e principalmente as poesias infanto juvenis.
Tive a sorte de estudar na escola em que a professora responsável pela biblioteca estimulava os alunos a conhecerem os livros. E a professora regente da classe, ensaiava apresentações de teatro com toda a turma.
Mas também reconheço em mim, premente, a vontade de ler e descobrir novas histórias.
Eu já estava encantada!
Preferia as aulas de Língua Portuguesa e costumava escrever textos ricos em detalhes, com ilustrações semelhantes à pintura Naïf, onde somente mais tarde me reconheci.
A atitude leitora foi mola propulsora da atitude escritora e desde então escrevo.
O escritor escreve!


2. O mestre Lobato disse aquela famosa frase: "quero escrever livros onde as crianças possam morar"... Em que lugar-livro você gostaria de morar? Qual é o seu cantinho imaginário da literatura preferido?
Gostaria que minha morada fosse no lugar-livro de Lewis Carroll, como personagem de Alice no País das Maravilhas. Identifiquei-me tanto com a história quando a li, que entendi perfeitamente as buscas e angústias de Alice. Então me tornei Alice. Percorria o longo quintal da minha casa, com horta e pomar, falando com flores, árvores e meu gato Miti-Miti.
O sótão era um cantinho mágico das histórias, onde lia os livros de literatura que emprestava da biblioteca. Meu cantinho imaginário da literatura preferido é debaixo da árvore onde aparece o gato sorridente da história de Alice.
É claro que também estive envolvida com todas as “Reinações de Narizinho”.
Meu quintal tinha um pouco de Sítio do Pica-pau Amarelo.
Eu “dava aulas” para os pés de couve, que nunca me respondiam nada, mas se mostravam atenciosos. E para as irrequietas galinhas, que se recusavam a ouvir minha leitura, por mais encantadora que fosse a história. Sempre achei-as desatentas demais para a poesia.
Aquela casa, lugar querido em que morei na minha infância, com seus cheiros e cores, existe hoje apenas na memória. Há anos o terreno foi vendido e em seu lugar construíram quatro torres de prédios que miram o centro da cidade. Na frente passa uma avenida que liga dois bairros.

3. Na hora de começar uma história nova, o que vem primeiro: personagem? narrador? enredo? cenário? tudo junto? nenhuma das possibilidades anteriores?
Na hora de começar história nova vem o personagem, determinado, assoprando em meus ouvidos o que quer que eu digite para que ele conte, denuncie, resolva comigo ou com os leitores. Segue-se o cenário onde acontece o enredo e o narrador organizando a contação.


4. Se você pudesse ser um personagem da literatura, quem seria?
Melhor fazer um sorteio no universo dos contos de fadas para me colocarem como personagem de uma das histórias de que mais gosto.
Poderia ser facilmente Alice com seus espantos corriqueiros, preparando-se para os novos, ou Emília, com sua curiosidade e invencionice.
Poderia ainda ser Chapeuzinho Vermelho, com sua independência, ou Maria irmã de João com sua coragem.
Ou ainda o Pequeno Príncipe, responsável por aquilo que cativa, mas também aceitaria com toda a pompa e circunstância, ser a Branca de Neve e todas as outras princesas, morando num castelo encantado, dançando em bailes, vencendo as adversidades para o encontro do amor e terminando a história, feliz para sempre.

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

terça-feira, 27 de outubro de 2009

MURAL - OUTUBRO DE 2009


NÚMERO 2 - OUTUBRO DE 2009

O Mural é uma agenda cultural postada todo o dia primeiro,
porém, editada ao longo do mês conforme os eventos surgem.
A agenda das bibliotecas é renovada semanalmente.
Amigo associado de qualquer cidade do Estado de São Paulo, contribua...
aguardamos notícias dos eventos do interior.
______________________________________________________________

MAIS UM LANÇAMENTO DE NIREUDA LONGOBARDI

"É com muito prazer que convido a todos para o lançamento do meu livro
"Mitos e Lendas do Brasil em cordel" - Editora Paulus - Sábado, dia 31 às 15h
- Livraria Cortez.

Haverá contação de histórias com Cláudia Benson.

Aguardo vocês,
Um abraço,
Nireuda."

______________________________________________________________

MANUEL FILHO NA CASA DAS ROSAS

"Olá amigos, tudo bom?


Foi muito legal o show na Casa das Rosas.
A casa estava cheia e o público participou bastante.
Fiz um "panorama" da infância.


Manuel"

____________________________________________________________

1º Encontro de Literatura
Infanto-Juvenil do

Anhembi Tênis Clube


Clique na programação:



___________________________________________________


Bodas de Fígaro,

com o barítono solista Daniel Marchi, no papel de Conde de Almaviva.


___________________________________________________________

V FESTIVAL A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS


___________________________________________________________



A peça teatral “A CIDADE DAS CANTIGAS”, de autoria De Marciano Vasques, baseada em seu livro de mesmo nome, será apresentada no dia 2 de DEZEMBRO, no teatro do CEU QUINTA DO SOL.
A direção é de Renata Lima Souza.

O CEU Quinta do Sol fica na Avenida Luís Imparato com a avenida Olavo Egídio de Souza Aranha, Vila Císper, Penha, zona Leste.
_______________________________________________________________________



Fórum Nacional de Direito Autoral


São Paulo, 09 e 10 de novembro de 2009

O Centro de Ciências Jurídicas da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, por intermédio de seu Curso de Pós-Graduação em Direito – CPGD, realiza o III Congresso de Direito de Autor e Interesse Público, que ocorrerá em São Paulo, nos dias 09 e 10 de novembro de 2009, no Auditório do Centro de Eventos Fecomércio, situado à rua Dr. Plínio Barreto, 285, bairro Bela Vista – São Paulo.

O evento deste ano será dedicado à análise das propostas de revisão da Lei de Direitos Autorais, que estão sendo desenvolvidas por iniciativa da Diretoria de Direitos Intelectuais do Ministério da Cultura. Por essa razão, o temário do Congresso foi dividido em painéis correspondentes aos tópicos da Lei Autoral que poderão ser objeto de modificação legislativa.

O III Congresso de Direito de Autor e Interesse Público recebeu novamente o apoio do Ministério da Cultura – MinC e da Escola de Direito de São Paulo da FGV - Direito GVlaw. Foi concebido de forma integrada com o Fórum Nacional de Direito Autoral promovido pelo MinC.

O Congresso vai ao encontro com outras iniciativas já realizadas pelo Curso de Pós-Graduação em Direito – CPGD/UFSC e da Escola de Direito de São Paulo da FGV, objetivando estimular uma abordagem crítica e profunda acerca do Direito da Propriedade Intelectual analisando-se nesta oportunidade, em especial, os interesses públicos e econômicos envoltos na questão do Direito de Autor e o interesse público.

O evento contará com a presença do jurista José de Oliveira Ascensão para a abertura e o encerramento dos debates, bem como de outros renomados especialistas.

O evento se realizará de forma integrada com o Fórum Nacional de Direito Autoral lançado pelo Ministério da Cultura - MinC, que representa um importante passo para a retomada da presença do Estado na formulação de políticas públicas para um tema cada vez mais contemporâneo e estratégico num contexto de ambiente digital e convergência tecnológica.

No transcorrer do evento abordar-se-ão temas que têm sido objeto de ampla discussão no Brasil e no exterior na área do Direito de Autor nos tópicos dos diferentes painéis.

Coordenação Científica

Prof. Dr. Marcos Wachowicz - UFSC
Prof. Dr. Manoel J. Pereira dos Santos - GVlaw

Inscrições Gratuitas

As inscrições iniciam dia 01 de outubro e encerram dia 4 de novembro e podem ser feitas pelo sitewww.direitoautoral. ufsc.br

Mais informações:

Site: www.direitoautoral. ufsc.br
Telefone: (48) 3721 9287
E-mail: direitoautoral@ ccj.ufsc. br

____________________________________________





NOVO LIVRO COM ILUSTRAÇÕES DE NIREUDA LONGOBARDI

Pensando na importância da leitura na infância como formação de hábito e abertura para a criatividade, a Sá Editora coloca no mercado o livro infantil Um ônibus pra lua, de Eliana Sá, com ilustrações de Nireuda Longobardi.

Um ônibus pra lua, como diz seu título, é um convite para a soltar a imaginação da criança numa viagem ao espaço das brincadeiras com as palavras – reforçadas pela rima , pelo som e pelo ritmo – e pelas belas ilustrações coloridas que atraem o jovem leitor.

O livro é indicado para a faixa de 6 a 10 anos, pois trata de temas relacionados a essa época da vida, como por exemplo, a troca de dentição, em “A fada do dente” , o medo de escuro, em “Fantasma’ e a ansiedade pelo aniversário, em “No país do meu aniversário”.

“A leitura, feita pelos pais, à noite, no aconchego do quarto, traz um universo de magia para a criança, que a faz inesquecível”, lembra Eliana Sá, que iniciou sua carreira como jornalista trabalhando como editora da revista RECREIO quando Ruth Rocha era a diretora de redação. “Quando os pais lêem em casa, reforçando a leitura feita na escola, a criança se torna um ser-leitor e esse é um dos nossos objetivos.”

32 páginas | ISBN: 978-85-88193-47-5
Ilustrações: Nireuda Longobardi
Formato: 21 x 21cm | Papel cuchê/colorido | Preço R$ 22,90


_______________________________________________

CONVITE


A Diretoria Cultural Anhembi Tênis Clube convida a todos os aeilijianos para um
ENCONTRO DE LITERATURA INFANTO-JUVENIL que se realizará na sede do clube, dia 25 de outubro de 2009, domingo, das 15 às 18 hs, na Rua Alexandre Herculano, nº 2, ( esquina com Rua Orobó, ao lado do Colégio Santa Cruz) Alto de Pinheiros.
Tel: 3022 2889 ramal: 229
Durante o evento serão realizadas as seguintes atividades:
contação de história, workshop de técnica de aquarela, oficina de massinha, demonstração de xilogravura, espaço da criança, varal de caricaturas e feira de livros com a participação de algumas editoras. (cada editora terá uma mesa para expor e comercializar seus livros)
Os escritores e ilustradores da AEILIJ SP ocuparão um espaço especialmente reservado.
Aguardamos sua presença.


Diretor cultural: Cláudio Callia
Diretora adjunta: Nireuda Longobardi
____________________________________________


ASSOCIADOS NA CASA DAS ROSAS


TÂNIA MARTINELLI, DIA 01 AS 20:00 HS.
NO FÓRUM: "A ADOLESCÊNCIA HOJE: CAMINHOS E DESCAMINHOS NA VIDA E NA LITERATURA

VARAL DE HISTÓRIAS
Horário: Das 14 às 17 horas

Dias: 15 e 22 de outubro

NIREUDA LONGOBARDI


Dias: 16 e 23 de outubro

LUNA VICENTE


MANUEL FILHO DIA 25 AS 17:00
"CANTANDO DE BRINCADEIRA"

________________________________________


TELMA GUINARÃES CONVIDA


_________________________________________


MARCIANO VASQUES HOMENAGEADO




Dia 02 de Outubro, sexta-feira, às 18:00 horas, o escritor Marciano Vasques será homenageado no “CEU QUINTA DO SOL”, dentro da programação do “VALEU PROFESSOR”.

Avenida Luiz Imparato, 564, Vila Císper – São Paulo – SP
________________________________________

MARIA AMÁLIA CONVIDA:

Gostaria de convidar todo o pessoal da AEILIJ para o lançamento do meu último livro, Num reino cor de burro quando foge.

A tarde de autógrafos será no dia 03/10, sábado, das 16h às 18h, na Livraria da Vila da Fradique Coutinho.

Um grande abraço,

Maria Amália


_____________________________________________

ILUSTRABRASIL! 6


SENAC

FONE: (11) 3475-2200



EXPOSIÇÃO

Centro Universitário Maria Antonia

Prédio Joaquim Nabuco

R. Maria Antonia, 258

Vila Buarque

Esta é "Monanelore" de Gilberto Marchi, grande colaborador em todos os trabalhos da AEI-LIJ paulista em seus eventos e batalhas.
A ilustração é para anúncio da Associação dos Criadores de Gado Nelore.

Agêcia Z+.

Direção de arte: Paulo Pejon.

Técnica: Lápis de cor Supracolor e lápis Wolf, sobre papel Fabriano Cotton.

A obra é um dos destaques da Exposição do Ilustrabrasil! 6.


PALESTRAS

Auditório Senac Consolação

R. Dr. Vila Nova, 228 – térreo

Consolação


Centro universitário Maria Antonia

Prédio Rui Barbosa

Salão Nobre – 3º andar

Rua Maria Antonia, 294

Vila Buarque


OFICINAS

A Casa do Artista

Al. Itú, 1012

Jardin
s
F. (11) 3088.419
1
De 14/09 a 16/10


Horário de visitação:
de terça a sexta-feira, das 10h às 21h. Sábados, domingos e feriados das 10h às 18h

_______________________________________

Destaques da semana: Oficinas, palestras, teatro, sarau e show.


Oficina de criação de poemas visuais
Com Lúcia Rosa e Lívia Lima será desenvolvido o seguinte programa:
1. Formação de repertório: Grupo Frente, Ruptura, Noigrandes; Concretismo X Neoconcretismo; Poesia multimídia – novos suportes.
2. Poesia visual: linguagem híbrida.
3. Grupo Noigrandes (análise de poemas). Prática de criação.
4. Ferreira Gullar e neoconcretismo - apresentação de artistas que têm uma produção poética: Lygia Pape, Waltércio Caldas e Willys de Castro. Prática de criação.
5. Discussão sobre o que foi produzido.
A partir de 16 anos. 30 vagas.
/ BP Alceu Amoroso Lima. Dia 27 de outubro, terça, das 19h às 21h


Palestra - Buracos negros: Sementes ou cemitérios de galáxias?
Com João E. Steiner
O que são buracos negros? Eles são feitos mesmo de puro vácuo? Como se formam? Quão grandes são? Eles já foram observados ou são pura especulação? Essas são algumas das questões que serão abordadas na palestra.
/ BP Mário Shenberg. Dia 28 de outubro, quarta, às 10h


Teatro - O Rato Roeu a Roupa do Rei Ricardo
Com Alexandre Meirelle, Edson Theodoro e Leo Bertero
Espetáculo baseado no texto de Hans Christian Andersen, com o grupo de teatro Trupe di Cinco, dirigido por Paulo Bueno.
/ BP Belmonte. Dia 28 de outubro, quarta, às 14h


Espaço Gourmet
A sala de contos ambientada como restaurante recebe o público para uma degustação literária.
/ BP Belmonte - César Obeid. Dia 29 de outubro, quinta, às 14h


Oficina de Mitologia Grega
Com Ájax Perez Salvador e Wladia Beatriz Correia
A partir da leitura de textos mitológicos procura-se traçar um paralelo entre a mitologia e a vida real. Nesse percurso não se pretende enxergar a verdade dos fatos, nem as conexões específicas do símbolo, mas ficar com as imagens e para o que elas abrem para a imaginação, para a poesia e para a fantasia. Esse é um olhar mito-poético. Um jeito de olhar que multiplica sentidos para as expressões e imagens que ali aparecem.
Não é necessária inscrição prévia.
/ BP Alceu Amoroso Lima. Dia 29 de outubro, quinta, das 15h às 16h30


Palestra - Meditação, histórias de sabedoria e fatos
Os benefícios da meditação apresentados através de histórias de sabedoria de diferentes culturas, fatos científicos e da técnica de Kriya Yoga.
Palestrantes:
Yogi Sarveshwarananda Giri, nascido na França, professor de Kriya Yoga e fundador da Missão Hariharananda, nos EUA e Índia, e da Arca do Amor, na América do Sul. Mestre em Comunicação pela Sorbonne, bacharel em Acupuntura e humilde yogacharya na linhagem de Babaji, Lahiri Mahasaya, Yogananda e Hariharananda. Cativante contador de histórias.
Elisa Harumi Kozasa, bióloga formada pelo Instituto de Biociências da USP, doutora e mestra pela UNIFESP. Sua linha de pesquisa são os efeitos das práticas contemplativas como a meditação. É também professora titular do Departamento de Saúde da UNINOVE.
/ BP Alceu Amoroso Lima. 30 de outubro, sexta, às 19h30


Sarau Sertanejo
Com grupos de viola caipira e cantoria. No tradicional sarau, o público canta, propõe músicas e interage com o organizador Alcione Kosmos.
Sempre no último sábado do mês.
/ BP Belmonte. Dia 31 de outubro, sábado, às 15h

Show – Lilian Knapp
De Rebelde a Miss Lexotan
Ex-Leno & Lílian, a cantora e compositora visita toda a sua obra, alternando seu novo trabalho com canções de diferentes fases como: Sou Rebelde, Devolva-me (regravada por Adriana Calcanhoto) e Eu só penso em você (gravada por Zezé di Camargo e Luciano)
/ BP Cassiano Ricardo. Dia 31 de outubro, sábado, às 18h


SERVIÇO:
Biblioteca Pública Alceu Amoroso Lima. Rua Henrique Schaumann, 777, Pinheiros, Zona Oeste. Tel. 3082-5023. Veja como chegar.
Biblioteca Pública Belmonte. Rua Paulo Eiró, 525, Santo Amaro, Zona Sul. Tel. 5687-0408 / 5691-0433.
Biblioteca Pública Cassiano Ricardo. Av. Celso Garcia, 4200, Tatuapé, Zona Leste. Tel. 2092-4570 / 2092-9952. Veja como chegar.
Biblioteca Pública Mário Shenberg. Rua Catão, 611, Lapa, Zona Oeste. Tel. 3675-1681 / 3672-0456. Veja como chegar.
Biblioteca Pública Raul Bopp. Rua Muniz de Souza, 1155, Aclimação, Zona Sul. Tel. 3208-1895. Veja como chegar.


Toda a programação é gratuita. Visite nosso site: www.bibliotecas.sp.gov.br


FILMES NAS BIBLIOTECAS

Mostras do mês: "Animação Brasileira", "Loucos por Cinema Independente", "Cineclube – Clássicos do Independente", "Sessão Nostalgia", "À Margem de Hollywood" e "Animações Japonesas".


Mostras de novembro: "A Diversidade no Cinema", "Gracias A La Vida – Cinema Latino Americano", "Infantil – Disney X Looney Tunes", "Sessão Nostalgia" e "Sessão Cineclube – Mostra A Diversidade no Cinema".


O GRILO FELIZ E OS INSETOS GIGANTES
(Animação, Brasil, 82 min, 2009, DVD)
Dir.: Rafael Ribas, Walbercy Ribas
O Grilo Feliz segue compondo suas músicas, para alegria dos habitantes da floresta, e deseja gravar um CD. Porém a descoberta de fósseis de insetos gigantes faz com que ele se envolva em uma inesperada aventura que o obriga a enfrentar um bando de perigosos louva-deuses comandados por Trambika. Livre.
/ BP Roberto Santos. Dia 30, sexta, às 15h


CRUMB
(Documentário, EUA, 1994, 119 min, DVD)
Dir.: Terry Zwigoff
Documentário que retrata a genialidade e o espírito transgressor do cartunista Robert Crumb, papa do movimento underground dos anos 70 nos Estados Unidos. O filme acompanha seis anos da vida de Crumb e de sua família. Legendado. 16 anos.
/ BP Viriato Corrêa. Dia 30, sexta, às 15h30


MAMÃE É DE MORTE (Serial Mon)
(Ficção, EUA, 1994, 95 min, DVD)
Dir.: John Waters
Elenco: Kathleen Turner, Sam Waterston, Ricki Lake, Matthew Lillard, Mary Jo Catlett
Beverly é a esposa que todo homem sonhou, a mãe perfeita, contudo, tem uma estranha obsessão: nada nem ninguém pode mexer com sua família. Legendado. 16 anos.
/ BP Viriato Corrêa. Dia 30, sexta, às 18h


GACHI BOY – LUTANDO COM A MEMÓRIA (Red Road)
(Ficção, Japão, 2008, 120 min, DVD)
Dir.: Norihiro Koizumi
Elenco: Ryuta Sato, Saeko, Osamu Mukai, Takeshi Ogura, Maiko Kubo
Comédia sobre um garoto aspirante a lutador que enfrenta constantemente um lapso de memória. Esse filme arrebatou praticamente todos os prêmios de audiência pelos festivais onde passou. Legendado. Livre.
/ BP Roberto Santos. Dia 31, sábado, às 16h


PRINCESA MONONOKE
(Animação, Japão, 134 min, 1994, DVD)
Dir.: Hayao Miyazaki
O príncipe é infectado por um deus possuído com um mal que lhe causará a morte senão achar a cura. Para encontrá-la ele decide viajar para longe e acaba entrando em uma batalha entre os deuses animais da floresta, liderados por uma garota chamada Mononoke e por habitantes de uma vila de mineiros, que estão aos poucos acabando com a floresta. Dublado. 07 anos.
/ BP Viriato Corrêa. Dia 31, sábado, às 16h


AS CONFISSÕES DE HENRY FOOL (Henry Fool)
(Ficção, EUA, 1997, 137 min, DVD)
Dir.: Hal Hartley
Elenco: Thomas Jay Ryan, James Urbaniak, Parker Posey
Um homem surge na vida de um lixeiro considerado um retardado mental e o incentiva a escrever. Ele cria vários poemas polêmicos que são aclamados e ao mesmo tempo acusados de serem pornográficos. Legendado. 16 anos.
/ BP Viriato Corrêa. Dia 31, sábado, às 18h


TRENS ESTRITAMENTE VIGIADOS (Ostre sledované vlaky)
(Ficção, Tchecoslováquia, 1966, 91 min, 16mm)
Dir.: Jirí Menzel
Elenco: Václav Neckár, Josef Somr, Vlastimil Brodský, Vladimír Valenta
História centrada na estação de Czech e no vigia de trens, um rapaz confuso e perturbado com sua existência e com o despontar de sua sexualidade, que ele não compreende. O filme mostra a vida no campo durante a ocupação alemã. Legendado. 16 anos.
/ BP Roberto Santos. Dia 31, sábado, às 19h


FELICIDADE (Happiness)
(Ficção, EUA, 1998, 134 min, DVD)
Dir.: Todd Solondz
Elenco: Jane Adams, Jon Lovitz, Philip Seymour Hoffman, Dylan Baker
Retrato de uma série de pessoas interligadas por laços familiares ou sociais, todas elas vivendo em um estado de desespero, ou de simples depressão, e levadas a tomar atitudes imorais ou criminosas. O filme é um marco no cinema independente americano dos anos 90. Legendado. 18 anos.
/ BP Viriato Corrêa. Dia 01, domingo, às 15h30


FLORES NO MEU BOLSO (Flower in the Pocket)
(Ficção, Malásia, 2007, 97 min, DVD)
Dir.: Liew Seng Tat
Elenco: Wong Zi Jiang, Lim Ming Wei, Amira Nasuha Binti Shahiran
A jornada de dois garotos, Li Ahh e Li Ohm, para conseguir o consentimento dos pais ausentes e adotar um animalzinho. Filme de baixíssimo orçamento que ganhou vários prêmios pelos festivais onde passou. Legendado. Livre.
/ BP Roberto Santos. Dia 01, domingo, às 16h


A ÚLTIMA VIDA DO UNIVERSO (Ruang rak noi nid mahasan)
(Ficção, Tailândia, 2005, 108 min, DVD)
Dir.: Pen-ek Ratanaruang
Elenco: Tadanobu Asano, Sinitta Boonyasak
Filme de Pen-ek Ratanaruang que lhe rendeu fama mundial. Com pouco dinheiro e com a presença do astro japonês Asano Tadanobu e do lendário fotógrafo Christopher Doyle, o filme conta a história do poético encontro entre Kenji, um bibliotecário solitário e suicida, e Noi, uma jovem que parece conseguir trazê-lo de volta à vida. Legendado. 16 anos.
/ BP Roberto Santos. Dia 01, domingo, às 18h


SYMBIOPSYCHOTAXIPLASMIA
(Ficção, EUA, 1968, 75 min, DVD)
Dir.: Willian Greaves
O documentário escrito e dirigido por Willian Greaves envolve um teste de atores estudantes para um drama ficcional. O que eles não sabem é que, enquanto tentam descobrir o filme que estão fazendo, o diretor filma um drama sobre suas vidas. Legendado. 12 anos.
/ BP Viriato Corrêa. Dia 01, domingo, às 18h


ENCONTROS DE LITERATURA NO CINEMA: TRUFFAUT
A obra do diretor francês François Truffaut, um dos criadores da Nouvelle Vague, é o tema dessa edição dos "Encontros de Literatura no Cinema".

A professora de literatura Fabiana Vascon mostra aos participantes o cruzamento das duas expressões artísticas: a arte na linguagem cinematográfica e na literária através de análises e comparações entre os livros e suas adaptações para o cinema.

A cada semana uma obra é comentada pela professora e debatida com os participantes.
Às terças são exibidos e comentados os filmes. Às quintas são abordadas as obras literárias.

Você pode se inscrever para o módulo, com direito a certificado ao final, ou participar apenas dos encontros de seu interesse.

Inscrições na biblioteca pelos telefones (11) 2273-2390 e (11) 2063-0901.

/ BP Roberto Santos. De 20 de outubro a 12 de novembro, às 19h


Livros:
“A Noiva Estava de Preto”, Cornell Woolrich.
“Jules e Jim”, Henri Pierre Roché.
“Fahrenheit 451”, Ray Bradbury.
“O Garoto Selvagem”, Jean Itard.


Filmes:

“A Noiva Estava de Preto”, François Truffaut, 1967.
“Jules e Jim”, François Truffaut, 1962.
“Fahrenheit 451”, François Truffaut, 1966.
“O Garoto Selvagem”, François Truffaut, 1970.

Programação:
20 e 22/10: A Noiva Estava de Preto
27 e 29/10: Jules e Jim
03 e 05/11: Fahrenheit 451
10 e 12/11: O Garoto Selvagem


A MORTE PASSOU POR PERTO (Killer´s Kiss)
(Ficção, EUA, 67 min, 1955, DVD)
Dir.: Stanley Kubrick. Elenco: Frank Silvera, Jamie Smith, Irene Kane, Jerry Jarret
Após salvar uma dançarina de seu patrão e amante, um lutador de boxe passa a enfrentar a ameaça de morte proferida por seu opositor. Legendado. 12 anos.
/ BP Roberto Santos. Dia 04, quarta, às 19h


SERVIÇO:
Biblioteca Pública Viriato Corrêa.
101 lugares. Rua Sena Madureira, 298, Vila Mariana, Zona Sul. Tel. 5573-4017. Veja como chegar.
Biblioteca Pública Roberto Santos. 101 lugares. Rua Cisplatina, 505, Ipiranga, Zona Sul. Tel. 2273-2390. Veja como chegar.


Obs.:
.As bibliotecas Viriato Corrêa e Roberto Santos possuem salas equipadas com sistema de projeção eletrônico de alta qualidade e som 5.1
.A biblioteca Roberto Santos possui acervo de DVDs que podem ser assistidos em terminais instalados no local.


Toda a programação é gratuita. Visite nosso site: www.bibliotecas.sp.gov.br

___________________________________________________


VISTE, CONHEÇA E FREQUENTE OS MUSEUS DE SÃO PAULO


Um passeio inesquecível como é seu intuito de resgatar a memória e fazer permanente o que existiu de melhor


Capela do Morumbi

Exposições diversas, destacando-se, nos últimos dois anos, a de instalações de artistas contemporâneos.
Avenida Morumbi, 5387
Morumbi
(011) 3772-4301
Horário de Visitação: de terça a domingo, das 9h às 17h.
http://www.museudacidade.sp.gov.br/capeladomorumbi.php


Casa do Grito
A casa tem sido tradicionalmente vinculada à cena do "grito" de D. Pedro I pela independência do Brasil em 1822
Pça. do Monumento, s/nº - Ipiranga, São Paulo, SP
(011) 2273 4981
Atividades: Exposições diversas com temas relacionados à cidade de São Paulo.
Horário de Visitação: de terça a domingo, das 9h às 17h
Visita orientada. Entrada franca
http://www.museudacidade.sp.gov.br/casadogrito.php


Centro Cultural São Paulo Inaugurado em 1982, o Centro Cultural São Paulo - concebido originalmente para ser uma extensão da Biblioteca Mário de Andrade - transformou-se em um equipamento multidisciplinar, abrigando espetáculos de teatro, dança, música, cinema e exposições de artes visuais.
Rua Vergueiro, 1000
Paraíso
(11) 3397-4002
http://www.centrocultural.sp.gov.br


Pinacoteca do Estado Seu acervo tem cerca de 4 mil peças, e é significativo, especialmente para São Paulo, uma vez que reúne trabalhos de artistas paulistas, como Almeida Júnior, Pedro Alexandrino e Oscar Pereira da Silva, além de obras representativas de Cândido Portinari, Anita Malfatti, Victor Brecheret, Tarsila do Amaral e Di Cavalcanti. O Pavilhão das Artes, localizado no Parque do Ibirapuera, também faz parte da Pinacoteca e abriga exposições de grande importância artística.
Praça da Luz, 2 - Jardim da Luz
(11) 3324-1000
Aberta de terça a domingo das 10h às 17h30, com permanência até as 18h
Grátis aos sábados.
http://www.pinacoteca.org.br


Fundação Maria Luisa e Oscar Americano Horário de Visitação (Acervo): terça a sexta-feira: das 11h às 17h; sábado e domingo: das 10h às 17h
Parque e Salão de Chá: terça a domingo: das 11:30 às 18h
Toda primeira terça-feira de cada mês a entrada é gratuita.
(11) 3742-0077
Avenida Morumbi, 4077
http://www.fundacaooscaramericano.org.br/


MAM
Museu de Arte Moderna de São Paulo
Parque do Ibirapuera, portão 3 - s/nº
(11) 5085-1300 Fax: (11) 5085-2342
Bilheteria: terça a domingo e feriados das 10h às 17h30
Visitação: terça a domingo e feriados das 10h às 18h
Gratuidade para menores de 10 e maiores de 65 anos, sócios do MAM e funcionários das empresas parceiras
Entrada Gratuita aos Domingos
http://www.mam.org.br


MASP
Museu de Arte de São Paulo
Na sede atual do MASP, inaugurada em 07 de novembro de 1968 com a presença de S.M. a Rainha Elizabeth II, da Inglaterra, podem ser apreciadas obras de pintores da escola italiana como Rafael, Andrea Mantegna, Botticceli e Bellini; de pintores flamengos como Rembrandt, Frans Hals, Cranach ou Memling, e espanhóis como Velazquéz e Goya. Do movimento impressionista há várias obras de Renoir, Manet, Monet, Cézanne e Degas. Dos pós-impressionistas é possível apreciar vários quadros de Van Gogh ou de Toulouse-Lautrec. O MASP é um dos poucos museus do mundo onde pose der apreciada a coleção completa de esculturas de Edgar Degas.
Av. Paulista, 1578 (Estação Trianon - MASP do Metrô)
Cerqueira César
(11) 3251.5644 / Fax. (11) 3284.0574
Horário de Visitação: Quinta-feira, das 11h às 20h. Terça, quarta, sexta, sábado, domingos e feriados, das 11h às 18h. (a bilheteria fecha com uma hora de antecedência)
http://www.masp.art.br/


Museu de Arte Contemporânea
da Universidade de São Paulo Rua da Reitoria, 160
Cidade Universitária
(11) 3818-3039 Fax (11) 3812 0218
Com mais de 5 mil obras em seu acervo, entre óleos, desenhos, gravuras, esculturas, pinturas, cerâmicas e tapeçarias, o MAC é o maior museu da América Latina especializado na produção ocidental do século XX.
Horário de Visitação: 3ª a 6ª das 10h às 19h; sábado, domingo e feriado das 10h às 16h
http://www.mac.usp.br


Museu de Arte Sacra Av. Tiradentes, 676
Luz
(11) 3326-1373 Fax: (11) 3326-2006
Têm o objetivo de divulgar e preservar um dos mais importantes acervos museológicos do patrimônio sacro brasileiro. Tem um conjunto de cerca de 4 mil peças, dentre as quais 800, provenientes das principais igrejas e de capelas do Estado de São Paulo e do Brasil, encontram-se em exposição.


Memorial da América Latina Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 (Metrô Barra Funda)
Barra Funda
(11) 3823-4600
http://www.memorial.org.br


Museu de Arqueologia e Etnologia
da Universidade de São Paulo Conta em seu acervo com cerca de 120 mil objetos e imagens referentes à cultura material da América com ênfase ao Brasil, do Mediterrâneo, do Médio Oriente e da África, abarcando uma extensão temporal que vai da Pré-História até nossos dias. São máscaras, amuletos, armas, cerâmicas, pinturas, adornos, vestimentas, utensílios domésticos, instrumentos musicais e de trabalho que, além da vitalidade de sua expressão visual, exigem um esforço contínuo de pesquisa para serem analisados e compreendidos. O conjunto de peças referentes às sociedades indígenas brasileiras é de especial interesse, tanto em virtude de sua heterogeneidade quanto da riqueza expressiva.
Av. Prof. Almeida Prado, 1466
Cidade Universitária
(11) 3091-4901
http://www.mae.usp.br/


Memorial do Imigrante Rua Visconde de Parnaíba, 1.316
Mooca
(11) 6693-0917 6692-1866 6692-7804 6692-2497 6692-9218 Fax: (11) 6693-1446
Horário de Visitação: De terça a domingo das 10h às 17h (inclusive feriados)
www.memorialdoimigrante.sp.gov.br


Museu Brasileiro de Escultura Av. Europa, 158
Jardim Europa
(11) 3081-8611
Espaço cultural dinâmico, projetado pelo Arquiteto Paulo Mendes da Rocha e jardins de Burle Marx. Tem uma arquitetura arrojada , acervo permanente de 11 obras e uma vida cultural intensa com oficinas de pintura, escultura, gravura, recital de piano aos domingos às 16h, cursos de Historia da Arte, feira de antiquidade e exposições de artistas renomados internacionalmente. Tem uma café delicioso e presentes personalizados.
http://www.mube.art.br/


Museu da Casa Brasileira Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705
Jardim Paulistano
Horário de Visitação: terça a domingo, das 10 às 18 horas
(11) 3032-3727 3032-2564 3032-2499
Criado em maio de 1970 com a denominação Museu do Mobiliário Artístico e Histórico Brasileiro, mudou sua denominação em 1971 para Museu da Casa Brasileira. Seu objetivo principal é a formação de um centro de pesquisas sobre os equipamentos, usos e costumes da casa brasileira, com exposição permanente de seu acervo.
http://www.mcb.sp.gov.br


MIS
Museu da Imagem e do Som de São Paulo
Av. Europa, 158
Jd. Europa
(11) 3062-9197 3088-0896
Horário de Visitação: de Terça a Sexta das 14h às 22h; Sábados e Domingos das 11h às 20h. Entrada Franca.
http://www.mis.sp.gov.br/


Museu do Theatro Municipal Foi implantado com o objetivo de coletar, classificar, conservar e divulgar através de exposições e publicações, documentos textuais, fotografias e objetos referentes às atividades do Teatro Municipal desde a sua inauguração em 1911.
Viaduto do Chá/Praça Ramos de Azevedo
Centro
(011)239-3815
Horário de Visitação: das 9h às 17h
www.teatromunicipal.sp.gov.br


Museu Lasar Segall Rua Berta, 111
(11) 5574 7322 Fax 5572 3586
O Museu Lasar Segall, idealizado por Jenny Klabin Segall – viúva de Lasar Segall – foi criado como uma associação civil sem fins lucrativos, em 1967, por seus filhos Mauricio Segall e Oscar Klabin Segall. Está instalado na antiga residência e ateliê de Lasar Segall, projetados em 1932 por seu concunhado, o arquiteto de origem russa Gregori Warchavchik.
http://www.museusegall.org.br/


Museu do Ipiranga
Museu Paulista da USP Parque da Independência, S/N
Ipiranga
(11) 6165-8000 FAX: (011) 6165-8051/6165-8054
O Museu Paulista conta com um acervo de mais de 125.000 unidades, entre objetos, iconografia e documentação arquivística, do seiscentismo até meados do século XX, eixo para a compreensão da sociedade brasileira, a partir do estudo de aspectos materiais da cultura, com especial concentração na História de São Paulo. Os acervos têm sido mobilizados para a análise de problemáticas pertinentes às três linhas de pesquisa a que o Museu se dedica: Cotidiano e Sociedade; Universo do Trabalho; História do Imaginário.
http://www.mp.usp.br


Oficina Cultural Oswald de Andrade Rua Três Rios, 363
Bom Retiro
(11) 3221-5558 / 3222-2662
Oferece diversos eventos culturais como palestras e debates, além de workshops e oficinas de temas como fotografia, cinema, teatro e artes plásticas, laboratórios de criação e cursos, como, por exemplo, o de linguagem fotográfica.
Funcionamento: segunda a sexta-feira - 8h às 22h; sábados - 13h às 18h e domingos - 14h às 18h


Paço das Artes O Paço das Artes, ligado à Escola de Comunicações da Universidade de São Paulo , é um espaço de exposição e registro da arte contemporânea, nacional e internacional. O Paço das Artes está situado em uma antiga estrutura de concreto que passou por obras de recuperação. Atualmente ocupa uma área total de 2.136 m².
Av. da Universidade, 1
Cidade Universitária
(11) 3814-4832


Solar da Marquesa de Santos Rua Roberto Simonsen, 136-B, Páteo do Colégio
Centro
(11) 3396-6047
Exposições permanentes e temporárias, consulta ao Arquivo de Negativos, Projeto Terceria Idade, Serviço Educativo, atividades voltadas à preservação do patrimônio histórico e cultural paulistano, projeção de vídeos e apresentações musicais.
Horário de Visitação: De terça a domingo, das 9h às 17h
www.museudacidade.sp.gov.br/solardamarquesadesantos.php